segunda-feira, 10 de março de 2008

Ilusão

Ele gostava dela, isso era fato. Talvez fosse apenas por aquele sorriso que ela estampava, alvez, poderia ser, pelo charme e cheiro que ela emanava naturalmente. Ele tinha esperanças que poderia ter algum relacionamento com ela e ela sabia dessa esperança e aliventava-a a cada dia mais. Ela era especial para ele, ela se sentia especial. Ele chorava quando ela não aparecia, sentia saudades, era crime não avisá-la que ele sentia a falta dela.
As coisas mudaram, tão de repente. Ela alimentou as esperanças dele demais e ele acreditou que tudo seria bom. Mas não foi. Ela não o quer, apenas iludiu-o dizendo coisas bonitas, deixando o carinho dele aflorar, depois desperdiça algo tão precioso como o sentimento que ele sentia por ela. E isso foi ruim. Ele tentava superar, tentava esquece-la, mas estava tão complicado; ele não queria aceitar essa condição, ele apenas queria gostar dela. E isso era ruim!

1 Comment:

suelen said...

q lindo amore, já pensou em escrever crônicas?????