quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Desejos Momentâneos

Nem sempre nossos desejos são realizados de acordo como pretendiamos. As vezes precisamos abdicar daquilo que mais desejamos apenas para tentarmos ser feliz mesmo que isso nos custe a tristeza momentânea. Desejar o impossivel é como uma ponte sem fim, sabemos como começa e também sabemos que não chegaremos no fim dela.

3 Comments:

@pernes said...

Mostrar a um cego que não quer ver? Muitas vezes somos (sou) assim!
Parabéns por encontrar as palavras, ofício de um poeta!

@pernes

Aline Leal said...

Lindo!
E realmente acontece o tempo td, a gente deixa algo de lado por um bem maior #fiSÓlofa :P

pollyanna said...

posso desejar tudo, mas ter tudo realmente não terei...