quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Aniversário

Aquele dia, para ele, foi inesquecível. Não havia como ele esquecer. O melhor dia, o melhor aniversário que poderia ter tido; passou ao lado de quem ele sempre amou, que sempre quis. Já não havia ódio entre eles, apenas havia algo inimáginavel: amizade. Ficaram conversando sobre o tempo, o país, a economia; comeram chocolate e riram. Riram do café, do chocolate, da preguiça, do mundo que ele não ligava. Ele apenas ligava para uma coisa: seu amor

2 Comments:

suelen said...

adorei, ainda mais pq meu niver tá chegando....

luiza said...

Ameei Joo !

Tudoo de bom !!